MANOGALACTANA PARCIALMENTE METILADA DE COGUMELO PLEUROTUS ERYNGII POSSUI ATIVIDADE ANTITUMORAL

Imagem meramente ilustrativa.

O que é

Câncer é um grupo de doenças que podem afetar qualquer parte do corpo, tendo como característica principal a proliferação de células anormais, que ultrapassam seus limites usuais, invadindo outras partes do corpo, através do processo chamado de metástase, sendo essa a principal causa de morte na maioria dos pacientes. Um dos tipos mais incidentes é o câncer de pele, que é subdividido em dois grupos: não-melanoma e melanoma. O melanoma é originado pela transformação de melanócitos (células especializadas da pele que tem a função de produzir melanina, pigmento responsável pela cor da pele e também por proteger o DNA contra a radiação UV). De forma geral, os tratamentos atuais existentes para o melanoma causam muitos efeitos colaterais e, ainda, para muitos pacientes não é totalmente eficiente, sendo, portanto, considerado como um dos cânceres mais agressivos.  

Neste contexto, esta invenção buscou um novo composto que possa agir contra o melanoma, mas que não apresentasse efeitos colaterais. Assim, foi extraído um polissacarídeo (Manogalactana parcialmente metilada) utilizando um cogumelo comestível chamado Pleurotus eryngii (King Oyster), este foi utilizado como tratamento sozinho ou em conjunto à quimioterapia já existente. 

Os resultados mostraram que este tratamento foi eficiente sobre o melanoma, reduzindo cerca de 60% o volume tumoral em apenas 10 dias, não apresentando nenhum efeito colateral, dentre todos os parâmetros avaliados. Além disso, este tratamento reduziu metástases e apresentou efeito adjuvante a dacarbazina (quimioterápico), potencializando seu efeito. 

Benefícios / Vantagens

  • Composto com ação contra o câncer de pele, do tipo melanoma; 

  • Composto de origem natural; 

  • Composto que não apresentou efeitos colaterais; 

  •  Reduz metástases; 

  • Ação adjuvante a quimioterapia já utilizada. 

Disponível para

Licenciamento

INFORMAÇÕES DA PATENTE

NÚMERO: BR1020180055950

STATUS: Depositada em 21/03/2018

TITULARES: Universidade Federal do Paraná

AUTORES: Stellee Marcela Petris Biscaia, Elaine Rosechrer Carbonero, Edvaldo da Silva Trindade, Célia Regina Cavichiolo Franco, Carolina Camargo de Oliveira, Roger Chammas e Marcelo Iacomini.

CLASSIFICAÇÃO INPI: A – Necessidades Humanas

PALAVRAS-CHAVE: Melanoma, Pleurotus eryngii, Tratamento.

Rolar para o topo