PEPTÍDEOS MIMÉTICOS DE LEISHMANIA SPP., PROCESSO PARA SUA OBTENÇÃO E APLICAÇÕES

O que é

A presente invenção trata de peptídeos miméticos de Leishmania spp. utilizados para testes de diagnóstico ou para induzir resposta imunogênica. A presente invenção compreende peptídeos com utilidade como antígeno para detecção de anticorpos circulantes (IgT, IgA, IgM, IgG ou IgE) ou outras moléculas ligantes contra leishmaniose a ser usado em testes imunoenzimáticos (ELISA, Western Blot, imunofluorescência, imunohistoquímica, EIA, MEIA), testes por imunoaglutinação, sensores eletroquímicos ou intradermorreação. Estes antígenos são usáveis em composições imunogênicas que os contenham como princípio ativo para vacinas.

Benefícios / Vantagens

A alta sensibilidade e especificidade fazem destes antígenos candidatos para diagnóstico ou vacinas para leishmaniose cutânea.

Disponível para

Licenciamento

INFORMAÇÕES DA PATENTE

NÚMERO: BR1020150177240

STATUS: Depositada em 24/07/2015

TITULARES: Universidade Federal do Paraná

AUTORES: Vanete Thomaz Soccol, Silvana Maria Alban, Juliana Seger e Eduardo Scopel Ferreira da Costa.

CLASSIFICAÇÃO INPI: C – Química; Metalurgia

PALAVRAS-CHAVE: Peptídeos miméticos, Detecção de anticorpos circulares, Composições imunogênicas.

Rolar para o topo